segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Pornochanchada e a Liga Palhinha...


Voltando ao filme de quinta categoria do último sábado. Alguém que conheça em pormenor os regulamentos da liga (os do Palhinha são outra coisa bem diferente) se há algum limite de tempo jogado a impedir a perda de 2 pontos do Benfica se o jogo terminasse 0-0? Imagine-se que o auto-golo aos 30 segundos (até os melhores argumentos podem ir pela sanita abaixo) não acontecia e que três jogadores da BSAD seriam atacados, aí pelos 3/4 minutos de jogo, pelo mesmo vírus que vitimou os dois que ficaram doentes na cabine ao intervalo e o outro que caiu redondo no relvado assim que o Manel do talho apitou para a segunda parte. A vergonha mundial diminuía de tamanho ou ainda havia espaço para acusar o Benfica de fabricar a nova variante que ameaça exterminar o que resta da humanidade pela enésima vez? A cada vez que penso no assunto mais me convenço que o choro daquela draconiana concubina ao intervalo mais não era do que a raiva que a consumia pelo auto-golo (do tipo dildo tamanho XXL) que não estava no guião! Que fique bem claro. Quem correu todos os riscos foi o Benfica, que podia perder dois pontos sem nada poder fazer para o impedir, para além do perigo de contágio da COVID-19. Eu lembro-me bem do que aconteceu najantas de onde o Benfica saiu com meio plantel infectado.

Os puristas, assinantes do sex-hot, chegaram ao ponto de acusar o maior clube português de ficar em vantagem na luta pelos melhores marcadores, atirando-se à tomatada negra de Darwin, Weigl e Seferovic, que impiedosamente a meteram meteram toda lá dentro. Ora o que eu vi foi que os jogadores do Benfica ficaram 45 mts, sem contar com os descontos, impedidos de facturar ainda mais, enquanto que em Contumil e no alvalixo os punheteiros de serviço usufruíram da hora e meia da ordem para acertar no sítio certo. No roteiro dasjantas vimos o Vitória obrigado a jogar com dez jogadores (onze para onze o resultado era um empate) quase toda a segunda parte e ninguém do Guimarães pensou em desistir ou mudar de canal. O clube da fruta, pelo seu lado, investiu com onze 'Jonh Holmes' mais Luis (en)Godinho e, na cidade do futebol, ainda dispunha do actor 'prime sex' Artur Soares a Dias para o que ainda desse e...viesse.

No alvalixo a verdade desportiva também se manteve a altíssimo nivel. O Tondela, além do treinador, apresentou-se em 5 jogadores impedidos de actuar por COVID. Nada que afecte a moral e a natural bazófia dos sapos. Hugo Miguel, Ricardo Santos, Hugo Ribeiro, actores principais, entraram de tal forma decididos a dar uso ao (a)pito que não sobrou nada para encher o Pote e nem o franco atirador uruguaio (Coates) teve oportunidade de fazer uso do seu tamanho avultado. O inenarrável Luis Ferreira, na cidade do futebol, que validou o primeiro golo dos sapos obtido em fora-de-jogo de vários metros, completou o foleiro casting. Lembram-se do Benfica-Arouca e do golo anulado a Waldschmidt? Pois foi obtido a papel químico do sancionado a Sarábia. Tal como nos cartões amarelos mostrados a Palhinha, além da esverdeada verdade desportiva, no alvalixo imperam leis implementadas para sapos. Nutro profundo nojo por essa gentalha. Talvez mais do que pela canalha do clube da fruta. Aos fruteiros, pelo menos, nunca os vimos a tentar roubar quatro titalos Peyroteo e nem muito menos pretendem passar por santinhos. A batota está-lhes no sangue, sim, mas não tentam sequer disfarçar. Mais lhes vale assim. 

Os sapos, além do expediente no caso Palhinha usado para utilizar o jogador contra o Benfica, aproveitando os serviços de um batráquio de toga para defecar nos regulamentos da liga, em 2020 obrigaram o V. Setúbal a ir a jogo quando os sadinos tinham o plantel dizimado pela gripe (ainda não se chamava COVID-19) alegando o calendário apertado. Tão apertado que até recusaram adiar o jogo da equipa b com o Fabril (também com o plantel dizimado pela COVID) no campeonato de Portugal, onde os «bês» do sapal vegetam actualmente. Sonsos, dissimulados, hipócritas, caloteiros, batoteiros...sem moral para criticarem merda nenhuma. Tenho asco dessa confraria toda.

21 comentários:

  1. Calado, Diamantino, António Salvador, Braz Frade, Malheiro e tantos outros: ponham os olhos nestes posts de grande benfiquista, e deixem-se de frescuras tipo ah! eu penso pela minha cabeça o resto não interessa. Não interessa mas o certo é que fazem defesa do Glorioso miserável, o Futre, apesar de tudo, dá neste capítulo 5 - 0! Defendam o Benfica c*****o!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Dá prazer ler as crónicas deste "Guachos". Um espetáculo. Sempre acertivas.

    ResponderEliminar
  3. E o que dizer do sonso, praticante militante, Ruben Amorim sobre, a dele, visão de eventual desvirtuar da verdade desportiva?! Emborcam todos da mesma gamela!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aonde estava Ruben Amorim quando Palhinha fez o 5º amarelo e, mesmo assim, consegue defrontar o Benfica ajudando e de que maneira o clubezeco dele, com a ajuda preciosa daqueles que antes de fazer justiça, fazem braço de ferro pelo Saporting? Aqui já houve verdade desportiva? É um sonso, sim!

      Eliminar
  4. Caro Guachos
    Para a pouca vergonha ser perfeita, aquilo que faz de conta que é um clube de futebol vem pedir a repetição do jogo.
    Ao que chegou esta pouca vergonha e o dspudor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com a repetição do jogo, precedida da demissão dos órgãos da Liga.

      Eliminar
  5. Grande Guachos. Só mesmo tu para termos algum conforto na defesa do bom nome do BENFICA. É INDECOROSO o que andam a fazer. Este país é um antro de corruptos...

    ResponderEliminar
  6. Se por motivo de falta de jogadores o jogo fosse dado por terminado, seja em que minuto for, o resultado seria de 3-0, salvo se fossem marcados mais golos.

    Senão seria relativamente fácil desvirtuar um campeonato, sem necessidade de ter jogadores a jogar com 7 cartões amarelos sem penalização ou a terem penaltys marcados por cortes feitos com o ombro, ou expulsões aos 20 segundos por corte limpo na bola (há quem tenha ainda saudades do Xistra, mas não se preocupem, já andam aí os seus sucessores, um dos quais já foi um super-dragão, de seu nome Iancu Vasilica.)

    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
  7. https://www.facebook.com/Arquivo-da-Fruta-126822611154909/?hc_ref=ARQOGESVoRr2s3KHy5vXlDOlfSWneGw-wFS1cRlcEcT_tGwkCHOIdUTI2DqnLQ1pq5w&fref=nf&__tn__=kC-R

    https://www.facebook.com/polvosdasantas/posts/948328339095183

    ResponderEliminar
  8. Magnifica apreciação deste atentado ao futebol! Para mim tudo isto foi orquestrado de peidoso senil...pelo q nas duas idas ao estádio do ladrão em Dezembro, há q fazer o q LFV disse o ano passado...jogadores euqimpam-se no hotel e no fim do jogo, voltam ao hotel para tomar banho...sem passar pelos curros da frutaria. Carrega Benficaaaaa!!! É rumo ao Marquês!!!

    ResponderEliminar
  9. Continuo ser perceber por razão o B Sad não covocou para o jogo meia dúzia de jogadores dos sub-23?
    A FPF que passa entre os pingos da chuva, após o Presidente do Benfica ter os lembrado, cancelou a partida do dia seguinte.
    Possivelmente o Nando das deusas estava nos entrefolhos do calor da noite.
    Viva o Benfica.

    ResponderEliminar
  10. A unilabs vai repetir a dose pelo segundo ano consecutivo. Isto é inqualificável. Ninguém investiga estes FDP? Brincar com a saúde das pessoas ao que chegamos, falsear testes em prol de clubes de futebol. O BENFICA que deixe de efectuar testes neste tentáculo do polvo. Isto está mais que visto, o BENFICA não pode ficar nos 2 primeiros lugares tudo com a bênção da liga e da federação.

    ResponderEliminar
  11. São só cagalhões especialistas da especialidade, abrem a boca e sai um pivete tremendo. O que é que estes anormais sabem de saúde pública? A delegada de saúde isto, a DGS aquilo, a Graça assim e a Freitas assado...
    Simples: se existiam fortes indícios de estarmos perante a nova variante, nunca podia ter-se realizado este jogo, tivesse a SAD 38 ou 9 jogadores. Questão de saúde pública,  ponto. Era o caso? Pelos vistos, não era, pois a DGS não interveio.
    Ontem na entrevista ao dragão de ouro na tvi/cnn, os comentadores gabaram muito o entrevistador. E a mim pareceu-me que houve intenção de perpetuar o mistério. Perguntas a terem sido feitas:
    Dos 38 jogadores que o dragão de ouro disse que tinha e excluindo os 9 que foram a jogo, quantos estavam lesionados? Relatórios medicos, existem? Onde estão?
    Excluindo os 9 aptos e os lesionados,  quantos foram obrigados a ficar em isolamento pela DGS? Quantos? Onde é que está o documento da DGS? A prova?
    Porque é que estas perguntas não foram feitas ao dragão de ouro?
    Se existem fortes indícios de que a SAD não quis ir a jogo com 11 (excluindo os árbitros,  claro), porque raio é que o Benfica tinha de ir com 9 jogadores? Esta MDCSDQT é  mesmo uma MDCSDQT. Cheira tudo tão mal, tão mal.
    Entretanto, quem é que estava a assessorar o dragão de ouro quando deu a entrevista à tvi/cnn? Não me digam que era a pistola com que se suicidou o Mesquita Alves com dois tiros na nuca...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toda esta situação enferma de absurdos, desde logo na génese a existência da B Sad, seja essa merda o que for, querendo parecer-me que os clubes inscritos na Liga e membros desta têm tbm responsabilidade no aceitar desta merda de "clube"?, nem sei o que lhe chamar, até ao maior dos absurdos, que era, como li e ouvi, o Benfica disputar a partida também com 9, como bem o escreves aqui, porque raio tínhamos de jogar com 9?!!!
      No fundo, o que eles queriam era que o Benfica não comparecesse!
      Sou burro velho, já parti muita pedra, mas ainda hoje fico surpreendido com ideias peregrinas que ouvimos por aí, então quando mete o Benfica, ui, ui. Devíamos ir a jogo com 9, dizem eles, os hipócritas desportistas do fair-play!
      Como é encantadora a vida a surpreender-nos continuamente! 9?! Já agora!

      Eliminar
    2. Da ideia de jerico do Benfica jogar também com 9, um deles, o dessa ideia abstrusa, foi o Pinto amiguinho do outro Pinto e de outros Pintos, do canalhadas da manhã... Labregóide!

      Eliminar
    3. O animal labregóide só se esqueceu de dizer que os porcos deveriam também retirar um do campo...depois da expulsão de um vimaranense!

      Eliminar
  12. O que eles queriam era 10m de aguentar o jogo e ficava 0-0,ja todos percebemos isso... Mas também fiquem atentos aos casos covid no Bsad e no Benfica, fiquem atentos.... A partir de quinta dia 2 vamos ver... O que me revolta mais é os benfiquistas armados em moralistas e defendendo que o Benfica não devia jogar, ou pior realizar novo jogo, a esses eu digo vão-se foder e abram os olhos... Só me revolta o Benfica não ter dado 20 ou 30 a zero. Só fico satisfeito com humilhação desses corruptos...
    Bem haja Guachos pela defesa do Benfica, como sócio do Benfica só posso dizer Muito Obrigado.

    ResponderEliminar
  13. Caro Guachos, relativamente aos regulamentos, se o jogo acabar antes do final do tempo regulamentar por falta do mínimo de 7 jogadores numa equipa, o jogo acaba com a derrota de 3-0 para essa equipa, excepto quando a equipa adversária já construiu um resultado mais avolumado.
    No caso do jogo com a aberração jurídica, o resultado averbado será o 7-0.
    Isto claro, se não se utilizar o regulamento da liga palhinha, o que levaria à perca do jogo pelo Benfica, à subtração de 3 milhões de pontos, e á descida ao 18º escalão do futebol nacional.

    Anda tudo à procura de uma justificação para o absurdo que aconteceu no passado sábado. E constroem-se teorias absolutamente brilhantes e só entendíveis por génios ao nível dos que disputam neste momento o campeonato do mundo de xadrez.
    Eu como sou quase tão burro como um bernardo silva, só consigo achar as justificações mais simples.
    Sendo a mais simples de todas que o dragão de ouro precisava da receita de bilheteira para pagar alguma dívida vencida no imediato.

    E só isto justifica que 8 horas antes do jogo, no próprio dia, tenha vindo afirmar que haveria jogo nem que o céu caísse sobre as nossas cabeças.
    E só isto justifica que tenha tenha prolongado o espetáculo degradante até depois do intervalo. Não há devolução do valor dos bilhetes para ninguém.

    E como conseguiu pôr os bandalhos da comunicação social a tentar perceber como é que isto é culpa do Benfica, pois claro, não seria difícil de adivinhar, enquanto vai passando entre os pingos da chuva, ainda lança o barro à parede para ter mais uma receita à custa dos sócios e adeptos do Benfica, os verdadeiros palhaços nesta história.

    Saiu a chorar ao intervalo? Agora deve estar a rir-se a bandeiras despregadas.
    E não tarda muito é mais um rui pinto. De bandalho que pôs o mundo a rir-se do futebol nacional passa a herói lusitano.

    ResponderEliminar
  14. A "Liga Palhinha" aproveitou este jogo, para com 5-0 no marcador assinalar o 1º penalti a favor do Benfica, livrando-o assim de voltar a ser o 18 e último em penaltis na Liga Portuguesa de futebol, deixando este triste fardo de lanterna vermelha da época 2021/22 para o Belenenses. Antes o pior ataque da Liga com 7 golos marcados, do que o último ser o melhor ataque da Liga.

    Nas 34 jornadas da época passada, em média foram assinalados 5 penaltis a favor de cada uma das 3 piores equipas da Liga (vejam bem, das 3 que desceram de divisão), já o Benfica, mesmo agregando as 34 jornadas de 2020/21 às 12 já disputadas em 2021/22, atingimos o extraordinário total de 3 penaltis assinalados a favor do Benfica em 46 jogos (todos penaltis irrelevantes como este desta jornada, para aquilo que é o objetivo do clube, que é se sagrar campeão), quando se sabe que, em média foram assinalados 10 penaltis favoráveis a cada uma das restantes 14 equipas que participaram nestes últimos 2 campeonatos.

    Com mais penaltis favoráveis do que a média das equipas que se mantêm na Liga Portuguesa, apenas encontramos, o FCP com 17 penaltis (12 deles assinalados com o jogo empatado), o Sporting com 13 penaltis (9 deles assinalados com o jogo empatado) e o Santa Clara com 11 penaltis. Apenas estas 3 equipas, usufruíram de mais do que 10 penaltis na Liga Portuguesa, nos últimos 46 jogos para o campeonato e pasme-se todas elas conseguiram atingir o objetivo, de se qualificarem para as competições Europeias diretamente pela via do campeonato. Os penaltis ajudam muito ao sucesso desportivo, por muito que não queiram reconhecer o que os dados estatísticos deixam a vista de todos os que realmente querem ver.

    Vejam os dados estatísticos em: https://influenciaarbitral.blogspot.com/2021/12/a-liga-fontelas-gomes-envergonha-os.html

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não percas tempo...faz-te à vida malandro.