domingo, 20 de dezembro de 2020

Rui Portugal o visionário!

Um indiscritível arrepio de felicidade varreu as redacções e o país futebolistico. As parangonas que não enganam vão do "Soco na maldição" do pasquim do Serpa ao "Leão passa o Natal" da folha de couve (rascord) oficiosa dos sapos, até ao "Um penalti no sapatão" do pasquim da fruta sem disfarçar o nojo que a concorrência lhe provoca! Ao campeão de inverno do costume e aos títulos da COVID-19, sucede esse merecido Natal na frente do campeonato! Bate forte o coração da saparia, porra. Tinha de ser um empedernido lampião a conseguir o que nos últimos 19 anos de gloriosas investidas nenhum sapo conquistara. Rubem Amorim, quando na noite de consoada trocar compotas com o cunhado Antero (Henriques), bem pode agradecer ao arguido fruteiro as ofertas que antecipadamente (como manda Rui Portugal) lhe tem proporcionado! Nada como um familiar com fortes ligações ao Inferno para desbloquear a doce subida aos Céus!

Já são pelo menos quatro as compotas no sapatinho dos batráquios, seis se nos lembrarmos de Paços de Ferreira e do penalti inventado pelo desbloqueador Fábio Verdíssimo, com a curiosidade do VAR ser o mesmo (Bruno Esteves) do inacreditável gamanço de ontem à noite. Dois contra o Moreirense onde surgiu o #PoteaoColo (golo antecedido de mão na bola) do VAR Rui Oliveira, fruteiro criador do #portoaoColo, e estes dois pilhados ao Farense do Natal é quando o André Narciso (e o Bruno Esteves) quiser. #Paraondevaiumvãotodos terão pensado o Esteves e o Narciso aproveitando a ocasião natalícia para demonstrar que o chocalhar de Fedorico VARandas em Famalicão não caiu em saco roto. Da sacola da parelha escolhida a dedo pelo execrável Fontelas - «92 por cento das intervenções foram decisões que repuseram a verdade desportiva» - saiu o doce de compota que os sapos almejavam! 

Uma palavra de apreço para o dr Rui Portugal, visionário que antecipadamente declarou não ser "obrigatório que o Natal neste país se comemore na ceia de Natal" (...) "Pode-se comemorar, por um momento de exceção, não há nada que o impeça" (...) "por visitas rápidas no quintal de uns e de outros, no patamar das escadas do prédio de uns e de outros" (...) ou "por uma troca simbólica de uma compota que um fez ou de algo que seja aprazível". Faltou alguém traduzir para linguagem de gente que o quintal da fabula desse moço de rara inteligência era o alvalixo dos sapos e que a compota simbólica de dois pontos sairia das sacolas do Narciso fino filho e do Esteves não há pai para o meu pai. A agressão de Coates aos 68 minutos fica por conta do "momento de excepção" e do "não há nada que o impeça".

Boneco Ceição e Villas-Boas. Os dois treinadores do foculporto destacados para a Champions andam com sortes diferentes nos seus campeonatos. Enquanto que o boi do Jamor trata os pés-de-microfone como lixo - terapia que veneram voltando submissos e a comer-lhe nas mãos - os jornalistas franceses, depois do face rat ameaçar um colega de profissão - "obrigado, continua assim, que eu apanho-te. Se tiver oportunidade de te apanhar..." - abandonaram a sala de conferências deixando o fruteiro a falar literalmente para o...boneco! Acabou a vergar a espinha e teve de ser ele a pedir desculpa aos jornalistas. Em países onde o código deontológico dos jornalistas não é pasto de fruteiros como Manuel Queiroz - abominável presidente do CNID - é assim que funciona.

PS; Mais logo lá estará o Bruno Esteves com a sacola prenhe de compotas no foculporto-Nacional da Madeira.

PSII; Com os árbitros na mão qualquer equipa de merda se arrisca a ser campeã em Portugal. Até os sapos se esta VARgonha continuar.

9 comentários:

  1. O Fontelas fala em 92% de papo cheio. Onde está demonstrada esta conclusão? É fácil, com a conivência da MDCSDQT, atirar bitaites percentuais como quem atira areia para os olhos do pessoal. Já foram tantos os erros detetados pelo VAR (ainda ontem foram "só" dois no mesmo jogo) que me custa crer serem de 8% apenas os prejuízos causados pelo mesmo VAR. Mas deve estar tudo bem a julgar pelo silêncio ensurdecedor por parte da comunicação do Benfica, que deixa a defesa do clube que amamos por conta de blogues, que honra lhes seja feita, continuam a lutar contra tudo e todos, como é o exemplo deste que não perco um "episódio".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lei do Oeste

      De facto, sob o ponto de visto de observador que ignora o que se passa na porra dos bastidores deste futebol português que vive continuamente sob um manto de suspeição, também sou de opinião que a organização comunicacional do Benfica deixa muito a desejar, mas já não concordo, nada mesmo, que essa luta da comunicação seja feita por conta de blogues adeptos do clube, ou seja, não sendo contraditório, sendo verdade, não é menos verdade que num universo enorme desses blogues, não chega a uma mão cheia desses blogues que cumprem esse papel, porque a esmagadora maioria aproveitam-se é do Benfica para existirem. São maldosos, imbecis, ressabiados, oportunistas etc etc, dá para tudo, menos para defenderem o Benfica.

      Eliminar
    2. Eu não sou especialista em comunicação, mas da forma como os OCS estão concertados em usar o nome do Benfica em interesse próprio, ou interesses de outrem, parece-me que em matéria de arbitragem o melhor será fazer o que já foi feito: um resumo dos roubos às claras e sem vergonha na cara.
      Mas nos programas da BTV dedicados ao futebol, todas as vigarices têm sido desmascaradas. Pena é que, por razões contratuais com a NOS, o Benfica não possa abrir o canal, para chegar a mais benfiquistas. Questão que deve ser considerada em futuros contratos.

      Eliminar
  2. E entretanto, no Benfica, ninguém diz nada!
    Até parece que está tudo bem...

    ResponderEliminar
  3. E ninguém do SLB faz um comentário que seja a este estado de coisas... um que diz que a arbitragem/var esta um espectáculo... e jogos como este com claro benefício para o scp... será que aqueles que dizem que o SLB esta cheio de sapos têm alguma razão? É que ninguém se incomoda com este rumo... repito, estamos a colocarmo-nos a jeito...

    ResponderEliminar
  4. O VAR esta perfeito esta época, porque em Portugal só há uma lei, prejudicar o Benfica. Enquanto este for o registo tônico em Portugal garantidamente o VAR vai sempre estar bem. O que ontem se passou foi uma vergonha, mostra clara que o campeonato tem de ser decidido entre dragartos. Qualquer equipa que seja que esteja acima do Benfica vai continuar a ser ajudada a lá se manter, sem esquecer claro o clube que manda no futebol em Portugal. Caso o FCP tenha a sorte de passar o Benfica e vamos lá ver quanto tempo demora este estado de graça por parte do VAR aos sapos.
    Como é que um lance em que o gr salta à bola, que ao de leve ainda lhe toca é considerado pênalti a favor do scp, e quando num lance, entre o gr e o Everton que é completamente albarroado sem que o gr toque na bola e deixando o jogador do Benfica no chão, nem árbitro, nem VAR conseguiram ver aquilo que toda a gente viu e só eles não quiseram ver.
    Ontem agressão do Coates passou por isso mesmo, lance normal tanto para o VAR como para a Sportv, hoje um lance em que Gilberto dá uma cotovelada a a jogador do Gil, depois de sofrer 3 faltas e levar uma cotovelada (agressão), para o nojento do Pedro Henriques, que na altura do lance disse primeiro o que achava do lance, que a expulsar o Gilberto tb tinha de ser expulso o jogador do Gil (o árbitro achou por bem só mostrar amarelo ao Gilberto), depois do Benfica estar 0-2 já devia ter entrado a comunicação ao ranhoso comentador e lá mudou o discurso. Gilberto TINHA de ser expulso, o jogador do Gil talvez tb pudesse ser mas não ser é normal porque dar cotoveladas e chapadas a jogadores do Benfica são lances normais de futebol. Uns podem levar outros podem dar, golo do FCP claramente precedido de falta e mais um pênalti logo aos 20min para que o jogo seja mais fácil. De estranhar é que o VAR deate jogo seja o mesmo do jogo de ontem dos sapos, quando se faz tão bom trabalho só há que ser recompensado e quando quem sabe bem quem ajudar não se vai mudar a equipa. O futebol em Portugal está um nojo, e isto não muda enquanto não houver um verdadeiro murro na mesa por parte do Benfica. Comer e calar vai continuar a ser isto, ataque total à MDCSQT, não são os adeptos a fazer boicote é a própria direção que tem de dar o mote, não há comentadores do Benfica em programas de merda, querem ir vão como Calado e afins e não como alguém do Benfica. Não há mais entrevistas a jornais, não há mais declarações, e se for possível não há mais conferências de imprensa. Responde-se à BTV aos outros não tenho comentários, a si e ao seu jornal não lhe respondo. Acaba o Benfica nos jornais, ontem a conferência de imprensa foi um nojo, 5 ou 6 perguntas tudo da mesma merda da cofina e foi tudo sobre a saída do Ferro. Agora deve ser o D. Sebastião pq não joga, enquanto jogou foi massacrado até não dar mais, agora deve ser o melhor central do Benfica. É o Ferro e o Otamendi, não foi convocado em 2 jogos e já só se fala nisso. Enquanto jogou era o pq jogava, não joga pq não joga.

    ResponderEliminar
  5. Penalty para os sapos ontem aos 85 minutos, o jogo apenas é recomeçado aos 92 minutos (7minutos depois)... o árbitro dá 7 minutos de acréscimo e chega aos 97 minutos e acaba... nem mais 1 minuto.
    Um jogo que só nos últimos 12 minutos teve 7 minutos parado. Estava com pressa...
    FDX nem um relógio sabem consultar.

    Saudades do capela que em tondela prolongou um jogo por mais 2 ou 3 minutos qdo faltavam 12 segundos para acabar.

    VARgonha

    ResponderEliminar
  6. Sempre o mesmo, para variar: GE...NI...AL, obrigado Guachos.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não percas tempo...faz-te à vida malandro.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.